A Bianchi - RegiaBike

RégiaBike
Ir para o conteúdo

Menu principal:

BIANCHI
A Bianchi é o fabricante de bicicletas mais antigo do mundo.

Edoardo Bianchi começou a fabricar bicicletas na sua oficina em Milão em 1886 quando tinha 21 anos. Tendo ficado órfão muito cedo, Bianchi foi obrigado a começar a trabalhar numa serralharia com apenas 8 anos. Mal cresceu montou a sua própria oficina onde fabricava um pouco de tudo, como instrumentos cirúrgicos, sinetas e peças de carros e motos.

Entrou no ramo das bicicletas ao comercializar as penny farthings (as da roda grande à frente e pequenina a trás) antes de começar a fabricar as suas próprias bicicletas de quadros tradicionais



A história das bicicletas Bianchi teve dois momentos chave. O primeiro ocorreu quando nos anos 1890 quando foi encarregue de ensinar a Rainha Margarida a andar de bicicleta, que levou que muitos nobres comprassem bicicletas Bianchi. Nessa altura a casa real autorizou-o a colocar o brasão Bianchi na testa dos seus quadros.

O segundo momento ocorreu em 1939, quando Eduardo adotou o novo desviador “Cambio Corsa” de Tullio Campagnolo. Este desviador permitia ao ciclista pela primeira vez mudar de carreto em pleno movimento. Nesta altura Eduardo Bianchi já vendia 70,000 bicicletas por ano. Numero que disparou com a montagem do Cambio Corsa.

Vários grandes nomes do ciclismo profissional usaram bicicletas Bianchi, nomeadamente Jan Ullrich e Marco Pantani, mas ninguém ficou tão ligado à marca como Fausto Coppi, o brilhante "Il Campionissimo", que dominou as corridas de bicicleta no período logo a seguir a 2ª Guerra Mundial. Coppi foi uma figura mítica e romântica que ganhou dois Tour de France e quatro Giro de Itália.
 
Copyright 2015. All rights reserved.
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal